Header Ads

Reviravolta: general não será vice de Bolsonaro



Durou pouco mais de doze horas a chapa Jair Bolsonaro (PSL) presidente e general Augusto Heleno (PRP) vice. A frustração e o balde de água fria vieram na noite de terça (17) mesmo, numa reunião num hotel em Brasília.

A direção nacional do partido não gostou nada do anúncio de Bolsonaro sem o partido ter sido consultado. O general Heleno confirmou à Gazeta do Povo na manhã desta quarta que a chapa não vingou. Ele estava nesse encontro.

Heleno disse que não fica frustrado, mas que foi pego de surpresa. Ele afirmou que conversou com o presidente da legenda, Ovasco Resende, na noite de terça ainda. Os acordos regionais impediram fechar a chapa. O PRP na Bahia, por exemplo, apoia o PT. E no Rio, a legenda é comandada pelo ex-governador Anthony Garotinho.

“Fomos pego de surpresa. O presidente do partido, que nem lembro o nome, falou comigo que não era assim, que os diretórios regionais já tinham feito acordos estaduais e que não poderiam ser desfeitos. Como sou neófito na política, não sabia de nada disso. Paciência e bola para frente”, disse Heleno, que afirmou não estar frustrado.

“Frustração zero. Não deixei de dormir nem um minuto por causa disso. Frustrado eu fiquei quando não consegui vaga no time de futebol da academia (Aman). Por isso daí, não”, completou. O general disse que continuará apoiando Bolsonaro. 



Gazeta do Povo
Você também pode enviar informações à redação do portal p247.com.br pelo Whatsapp: 83 98116-3822 ou pelo e-mail: patoense.com@gmail.com

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.