Em três meses Prefeitura de Patos economiza quase R$ 100 mil em combustível - PATOENSE.COM - É DA GENTE

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Em três meses Prefeitura de Patos economiza quase R$ 100 mil em combustível

Share This

Passados 146 dias da gestão interina do prefeito Bonifácio Rocha (PPS), à frente da Prefeitura Municipal de Patos - PB, o município contabilizou uma economia de R$ 99.234,33 com o serviço de abastecimento de combustível da frota de veículos, se comparado ao mesmo período de 2017.

De  01 de outubro de 2018 a 31 de dezembro de 2018, portanto, foi registrada uma despesa de 162.649,50, segundo dados da Secretaria Municipal de Finanças, repassados pela chefia de gabinete.

A planilha faz comparações também com o mesmo período do ano de 2017, cuja despesa do município, com combustível para abastecer a frota foi de R$ 261.883,80, onerando os cofres públicos em quase R$ 100 mil reais.

De acordo com o chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Patos, Paulo Marinho, essa diminuição considerável dos valores, se deu devido ao plano estratégico implementado na atual gestão, que economizou na locação de carros, aluguéis e combustíveis, sem prejudicar os serviços essenciais para a população.

“Foi um planejamento nosso, por medida de austeridade; no primeiro momento, identificamos quais eram os veículos extremamente essenciais para a administração pública e àqueles que não tinham necessidade justificável; os veículos essenciais, que não dariam transtornos operacional administrativo oferecendo um serviço de excelência à população. Aí tivemos uma economia nos carros, no aluguel dos carros e somado a isso uma economia nos combustíveis”, explicou Marinho.

O chefe de gabinete comentou também sobre essa diferença dos gastos com combustível no mesmo período de 2017, apontada no documento da Secretaria de Finanças e ratificou que as medidas acertadas pela nova gestão, foi o que ocasionou a diminuição das despesas.

“Comparando ao exercício financeiro de Dois Mil e Dezessete, tivemos uma economia de quase Cem Mil Reais nos últimos três meses do ano. Dessa forma sem prejudicar o serviço e a população de Patos, só com muito planejamento, muitas medidas acertadas para com o nosso secretariado e cortando o que não seja essencial para administração pública”, finalizou Paulo Marinho.

Coordecom 

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here