Com dificuldade de ler textos na TV, Bolsonaro queria fazer pronunciamento de improviso - PATOENSE.COM - O Portal de Notícias do Grupo Patoense

Com dificuldade de ler textos na TV, Bolsonaro queria fazer pronunciamento de improviso


O presidente Jair Bolsonaro solicitou à sua equipe de comunicação improvisar no pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão na noite desta quarta-feira , no qual agradeceu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pelo "comprometimento" na aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O mandatário tem dificuldade de fazer leitura no teleprompter, equipamento que exibe texto para ser lido diante das câmeras, e não lhe agrada o resultado quando não fala espontaneamente.

Para minimizar o desconforto do presidente, a equipe de televisão decidiu fazer uma alteração no teleprompter. O texto escrito todo em letras maiúsculas foi substituído por iniciais maiúsculas e as demais minúsculas para facilitar a compreensão das palavras.

Bolsonaro aprovou a mudança e auxilares avaliaram que o mandatário conseguiu se sair melhor na leitura do discurso, embora ainda engessado.

Nas redes sociais do presidente, existe uma corrente para que Bolsonaro passa a fazer prenunciamento frequentes nas emissoras de televisão e rádio. Entretanto, o Planalto descarta a possibilidade, mas estuda uma agenda para que o presidente possa a começar a dar entrevistas para programas de TV.

Depois de agradecer a Maia no pronunciamento, Bolsonaro disse contar com o "espírito patriótico" dos parlamentares para aprovação na Comissão Especial, onde serão discutido os detalhes do projeto, e no Plenário.

— O governo continua a contar com espírito patriótico dos parlamentares para aprovação da Nova Previdência nessa segunda etapa e também, posteriormente, no plenário da Câmara dos Deputados.

O presidente, que já foi criticado por Maia por não se empenhar pela reforma, afirmou que, se o texto não for aprovado, o governo não poderá fazer investimento nas áreas mais importantes para as famílias como saúde, educação e segurança.

— É muito importante lembrar que se nada for feito o país não terá recursos para garantir uma aposentadoria para todos os brasileiros. Sem mudanças, o governo não terá condições de investir nas áreas mais importantes para as famílias como saúde, educação e segurança. Temos certeza que a Nova Previdência vai fazer o Brasil retomar o crescimento, gerar emprego e principalmente reduzir a desigualdade social, porque, com a reforma, os mais pobres pagarão menos. O Brasil tem pressa — finalizou.

O Globo
Com dificuldade de ler textos na TV, Bolsonaro queria fazer pronunciamento de improviso Com dificuldade de ler textos na TV, Bolsonaro queria fazer pronunciamento de improviso Reviewed by Redação on 22:49:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.