Mulher doa leite materno para quase mil bebês em um ano na Paraíba - PATOENSE - O Portal de Notícias do Grupo Patoense

Mulher doa leite materno para quase mil bebês em um ano na Paraíba


No domingo (19), foi celebrado o Dia Mundial de Doação de Leite Humano. Nesta semana, o Banco de Leite Humano Doutor Virgílio Brasileiro (BLH), em Campina Grande, registrou um novo recorde de doação. Em um ano, a mãe Emilly de Assis Marques forneceu 96.400 ml de leite humano.

De acordo com a Coordenação do BLH, que funciona no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea), cada um litro de leite materno alimenta até 10 crianças recém-nascidas, o que significa dizer que no intervalo de um ano, quase 1 mil crianças receberam leite de Emilly.

“A sensação é ótima. Nós que amamentamos sabemos a importância para um bebê que nasce prematuro. É muito bom poder ajudar nesse momento tão frágil”, relatou Emilly. A filha dela, Lyanna, que acabou de completar um ano de idade, continua se alimentando do leite da mãe, mesclando as refeições com outros alimentos.

“Até seis meses de vida, o leite materno foi o alimento exclusivo. Depois passei a dar outras comidas, mas continuo amamentando porque tenho em excesso e sei o quanto ele é importante para ela. Consigo extrair leite excedente quase todo dia e me sinto na obrigação de doar”, explicou.

Antes de Emilly, o maior volume de doação tinha sido de 40 litros. Agora, a dona do novo recorde de doação de Campina Grande já tem outra filha com quase dez anos e, durante o puerpério da primeira filha, também foi doadora. A filha mais velha mamou até os três anos.

Importância
A coordenadora do BLH, Alane Tavares, destaca a importância do leite materno. “Esse alimento é o que garantirá saúde, imunidade e desenvolvimento saudável para as crianças. Por isso, é tão importante que as mães com leite em excesso doem para as mães que têm insuficiência na produção do líquido. O leite humano é essencial para a recuperação das crianças que estão na UTI neonatal”, explicou.

Doações
No primeiro quadrimestre de 2019, o Banco de Leite Humano Doutor Virgílio Brasileiro, do Isea, já coletou mais de 600 litros e distribuiu mais de 400. O volume de coleta e de distribuição vem aumentando gradativamente a cada ano desde 2012. Neste ano, tinham sido coletados 825 litros e em 2018 foram 1.798.

O BLH distribui leite materno para Isea, Clipsi, FAP, Clínica Santa Clara, Hospital Universitário e todas as unidades de tratamento intensivo neonatal da cidade. O BLH do Isea já recebeu quatro vezes a certificação ouro do programa ibero-americano de bancos de leite humano.

Como doar
As puérperas, mães que acabaram de dar à luz, podem fazer a doação diretamente no Banco de Leite, como também podem agendar a visita domiciliar para coleta. O agendamento pode ser feito pelo telefone 3310-6185. O BLH funciona de segunda a sexta-feira das 7h às 18h no ISEA. Nos finais de semana, funciona apenas para distribuição e acompanhamento de gestantes e puérperas que estão na maternidade.

Além da coleta e da distribuição, o BLH também realiza a análise do leite e auxilia as mães que não conseguem amamentar os seus filhos. O local realiza atendimento em grupo e individual. As mulheres recebem orientações, como também a ajuda de profissionais especializados para fazer a extração do leite. As pessoas que desejam ajudar também podem doar potes de vidro. Devem ser potes de vidro resistente com tampas de plástico com capacidade de 150 a 500 ml.

Portal Correio
Mulher doa leite materno para quase mil bebês em um ano na Paraíba Mulher doa leite materno para quase mil bebês em um ano na Paraíba Reviewed by Redação on 13:08:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.