Dona de loja diz ter sido destratada em seu comércio por funcionária do Banco Santander, em Patos - PATOENSE.COM - O Portal de Notícias do Grupo Patoense

Dona de loja diz ter sido destratada em seu comércio por funcionária do Banco Santander, em Patos


Lojistas de um comércio de roupas infantis localizado no Mercado Central de Patos estão denunciando uma funcionária do Banco Santander, em Patos, que, segundo essas lojistas, destratou a proprietária da loja dentro do próprio estabelecimento e na presença dos clientes,

Segundo elas o fato se deu na quinta-feira passada, 30 de maio. A gerente regional do Prospera  Microcrédito, em Patos, esteve no estabelecimento para cobrar uma mensalidade que estava atrasada há cerca de 15 dias e, segundo as lojistas,  chamou a proprietária da loja de “veaca”, e isso na frente dos clientes que circulavam na loja.

O débito, segundo elas, existe, mas é recente, um pequeno atraso, e não dava o direito da gerente denegrir a proprietária da loja, que se sentiu muito mal com a situação, chegando às lágrimas.

As lojistas disseram que a proprietária da loja tem o nome limpo e é cumpridora dos seus deveres. “Na quinta-feira estávamos atendendo alguns clientes na loja e a moça do banco chegou, nos abordando de forma inesperada e começou a falar coisas julgando a dona da loja, dizendo que ela não pagava a ninguém, dizendo que ela enrolava a todo mundo a quem ela comprava e que não era de confiança. Foi uma falta de respeito porque ela chegou na frente das outras pessoas dizendo essas coisas. Ela não chamou a dona em um local reservado para pode conversar com ela amigavelmente. Ela chegou aqui, tinha cliente na loja e eles se retiraram com a situação, que foi muito constrangedora”, disse uma das lojistas, que também informou que a dona da loja registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia de Patos, procurou o Procon, o CDL e instituições bancárias onde ela possui conta  solicitando uma declaração que ateste que o seu nome é limpo e que não tem histórico de não honrar com seus compromissos financeiros e que pretende levar o caso à Justiça. Ela também solicitou imagens das câmeras de segurança das lojas vizinhas e afirma ter um áudio mostrando o teor da conversa, inclusive do momento em que foi chamada de “veaca”.

O outro lado
A gerente regional do Prospeta Microcrédito, que está viajando mas manteve contato com a Folha Patoense por telefone, nega as acusações. Ela disse que foi fazer uma visita normal, de trabalho, e que quando um cliente atrasa é função dela ir até o estabelecimento, saber o que está acontecendo, conversar, negociar. 

Ela garante que não destratou ninguém, que a loja não tinha clientes no momento em que ela chegou, e que a empresária, ao levar o caso à imprensa, quer macular a imagem dela.  “O que eu fiz foi cumprir com o meu dever. Eu também posso entrar na Justiça, pois há uma tentativa clara de querer macular minha imagem“, disse ela.

Folha Patoense
Dona de loja diz ter sido destratada em seu comércio por funcionária do Banco Santander, em Patos Dona de loja diz ter sido destratada em seu comércio por funcionária do Banco Santander, em Patos Reviewed by Redação on 11:51:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.